quinta-feira, 22 de março de 2012 1 comentários

Paul II - Capítulo 9

Capítulo 9

   Alguns meses se passaram. Eu continuava com a Sally, e ela parecia feliz com isso. Estarmos juntos já era uma notícia velha para a escola inteira, mesmo não sendo um namoro oficial. Eu também gostava de estar com Sally, mas não sentia por ela o que eu sentia pela Luna. Talvez por sermos muito parecidos? Afinal, como dizem, os opostos se atraem.
   Chegaram as férias, e passamos bastante tempo saindo juntos. Muitas vezes nadávamos na piscina de Sally, pois, já que era interna, o frio não nos incomodava. Tanto que, diferente da última vez, íamos com roupas de banho. Ela tinha um biquíni laranja e vermelho que ficava muito bem nela, e eu me encontrava encarando-o várias vezes, e desviava o olhar logo depois.
   Também íamos muito ao cemitério de madrugada. Bebíamos, e escutávamos as músicas que Sally levava no celular. Nunca gostei muito de música, mas era sempre bom deitar na grama, tonto, de olhos fechados, ouvindo solos de guitarra, enquanto segurava a mão da Sally.
   Certo dia, e não foi apenas um dia qualquer, quando estávamos fazendo exatamente isso, Sally virou e se deitou sobre mim, me beijando. Abracei sua cintura e retribuí os beijos.
   - E se fizéssemos algo a mais hoje, Paullie? – perguntou Sally.
   - Algo mais? O quê?
   - Você sabe... – e passou o dedo no meu peito, corando um pouco.
   - Não... Não sei não – e eu falava sério.
   - Awwwwn, Paullie... Você é tão fofo...
   Ela voltou a me beijar, e rolamos pela grama até estarmos sobre o túmulo de Luna, Sally em cima de mim.
   - Te adoro – ela disse.
   Ela poderia ter dito “te amo”, mas estaria mentindo. Psicopatas não amam.
   - Também gosto de você – respondi.
   - Então vamos selar isso – disse ela, tirando as roupas.
sábado, 10 de março de 2012 1 comentários

Novo selo



Regras:

  1. Divulgar o blog de quem o passou 
  2. Dizer 5 coisas que você mais gosta e 5 que menos gosta.
  3. E repassar para mais 5 blogs
Ganhei do Jornal da Mana. Valeu, Mana! =D


5 coisas que gosto:
Desenhar
Escrever
Ler mangás e histórias boas de ficçãoConversar no msn
Jogar jogos (dash, visual novels, hidden object, tycoon...)


5 Coisas que não gosto
Perder a Paciência
Falsidade
Falta de assunto
A porta do meu quarto aberta
Programação da TV no domingo

5 blog para quem indico o award:

Vou indicar só um: Delírios de um Closet
sexta-feira, 9 de março de 2012 0 comentários

Paul II - Capítulo 8

Capítulo 8

   Faltei à escola aquele dia por causa da dor de cabeça, mas no dia seguinte eu não pude escapar.
   Sally parecia feliz ao me cumprimentar de manhã, e disse que tinha uma surpresa para o recreio. Parece o tipo de coisa que a Luna faria, esse tipo de surpresa idiota.
   É, era bem a cara dela...
   No recreio, então, ela me mandou:
   - Abre a boca e fecha os olhos.
   Meio receoso, obedeci... e senti o inconfundível e fantástico sabor de sopa de tomate.
   - Hmmm...
   - Gostou? – perguntou Sally – Eu que fiz.
   - É meu prato favorito – abri os olhos.
   - Calma que tem mais.
   Fechei de novo, esperando sopa de batata ou algo assim.
   Mas, em vez disso, senti os lábios dela nos meus.
   Alguns babacas que estavam na sala durante o intervalo aplaudiram. Eu revirei os olhos.
   - Já não falei pra parar com isso? – perguntei.
   - Não desisto nunca, você sabe.
   E olhou nos meus olhos. Enquanto ela me fitava, fiquei pensando... Estava certo eu ser um escravo da memória de Luna para sempre?
   A resposta me veio rápido, e eu sorri, puxando Sally para mais um beijo, comigo sóbrio dessa vez.
   A não ser que ela tenha drogado minha sopa, ou sei lá.
   Só sei que nunca tinha visto uma expressão tão vitoriosa no rosto dela até então.
 
;