quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Paul cap 16

E FINALMENTE! Desculpem a demora:

Capítulo 16


Meses se passaram e Maio chegou. Logo no primeiro dia, Sally me ligou:
- Paul, sua mãe me ligou e disse que queria fazer uma festa surpresa para você.
Minha mãe sempre esquece que eu odeio festas.
- Obrigado por avisar, Sally.
- De nada. O meu aniversário também está chegando e meu pai está animado, e disse que vai convidar todos os meus colegas.
- Que coisa. Tenho que ligar pra Luna. Tchau.
- Tchau.
Eu desliguei e liguei pra Luna.
- Oi, Paullie!
- Luna, liga pra minha mãe e fala pra ela que vamos ao boliche dia 5.
- M-mas...
- Não, eu não quero uma festa.
- Por quê, Paullie? Não gosta de festas? Aniversário, Páscoa, Natal... ?
Eu estremeci:
- Eu. Odeio. Natal.
- Credo, Paullie. Odeia até os presentes?
- Odeio.
- Mesmo assim, vou te dar um presente.
Eu suspirei:
- Vai falar com a minha mãe?
- Claro, Paullie.
- Certo então. Tchau.
- Tchau, meu amor.
Eu desliguei. Ela tinha mesmo me chamado de amor? E com toda aquela sinceridade?
Senti um abraço e um beijo no rosto.
- O que foi, mãe? – perguntei.
- Seu aniversário está chegando, bebê!
- Eu já estou pedindo para parar de me chamar de bebê há 13 anos.
- O que vai querer de presente, Paul?
- Nada.
- Nada?
- Nada. Agora me deixa quieto.
- Ah, meu bem... Eu queria tanto te comprar um presentinho para ver você feliz.
- Não vou ficar feliz com presentes.
Ela suspirou. Então saiu de perto.

3 comentários:

Anônimo disse...

AFF ! paullie é um incensivel ! =(
tomara q n ganhe presentes ! rum .... >=(

Lúcio Neto disse...

aposto que é o daniel aqui /\ !!
ELE EH MT EH FODA!! PRESENTE É PARA OS FRACOS.
cade o 17? hehehehehehhe

Silvia disse...

Nossa, Bela, cada capítulo que você escreve fica melhor. Está ótima sua história.
Estou ansiosa para ler o 17. Quando é que ele sai?
Bjos

Postar um comentário

 
;