quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

A Menina das Bonecas

Esse é um pequeno conto que fiz há mais tempo, que postei a pedidos (para ser mais exata, foi o Felipe que pediu). É um conto de terror, de um projeto apenas com histórias medonhas, chamado Contos de Sangue, então não se enganem pelo nome feliz dessa historinha. Aí vai:

A Menina das Bonecas

Era uma vez uma menina chamada Bonita Boettcher. Era morena e tinha os olhos claros. Ela morava em Arta, uma cidade ao leste das Ilhas Baleares, na Espanha.
Adorava bonecas. Tinha uma coleção inteira delas. Mas suas bonecas eram diferentes. Eram montadas pela própria Bonita.
Bonita, ao ganhar as bonecas, cortava seus braços, suas pernas e sua cabeça fora. Se fosse possível, tirava também os olhos. Então ela costurava os braços, os olhos e as pernas em bonecas diferentes, montando, assim, bonecas completamente novas e originais.
Bonita tinha essa mania desde os três anos. Sua mãe, a sra. Boettcher, se orgulhava do talento de costura da filha. Seu pai a achava muito nova para mexer com agulhas, e tinha medo dela se machucar. Mas Bonita quase não se espetava com a agulha, e quando isso ocorria, eram espetadas muito leves.
Em 1999, quando Bonita tinha dez anos, olhou suas bonecas. Haviam algumas muito velhas e surradas. Outras ainda estavam novas, mas ela precisava de algo novo. Queria bonecas diferentes. Mais reais.
No dia primeiro de maio, feriado de Dia do Trabalho, a sra. Boettcher resolveu convidar umas primas mais novas de Bonita para passar o dia na casa deles. Bonita ficou feliz: adorava mostrar suas bonecas para as pessoas.
Logo as primas chegaram. Eram três: Vicki, bem branca, de cabelos negros e olhos como os de Bonita; Victorine, muito parecida com Vicki, mas com olhos escuros; e Violet, que se parecia ainda mais com Vicki, mas era mais magra.
Bonita ficou animada e levou as meninas para o quarto. Mostrou a elas as bonecas. As três quiseram logo brincar com elas.
Vicki viu que Bonita as observava enquanto brincava. Olhava para elas, juntando as sombrancelhas e franzindo o cenho em uma expressão pensativa, a franja reta cobrindo sua testa. Então Bonita saiu do quarto.
Momentos depois, Bonita voltou ao quarto, escondendo algo atrás de si. Entrou no quarto, trancou a porta e escondeu a chave no bolso. As garotas se assutaram ao ver que o que Bonita tinha na mão era uma peixeira.
“O que você está fazendo com a faca na mão?”, perguntou Violet. “Minha mãe sempre diz que brincar com facas e outras coisas pontiagudas é perigoso!”
“Não se preocupe”, disse Bonita, com um sorriso travesso. “Vou apenas fazer bonecas novas.”
“Você usa essa peixeira para desmontar suas bonecas?”, perguntou Victorine.
“Na verdade, costumo usar minha tesourinha sem ponta. Mas dessa vez vai ser diferente.”
Bonita avançou em Victorine e, com um movimento rápido, cortou fora seu braço direito com a peixeira. Sangue esguichou para todos os lados. As três primas gritaram. Bonita, então, degolou Violet. As outras duas avançaram para a porta, mas estava trancada e a chave estava com bonita. Bonita avançou para elas, degolando-as também. Observou as três primas mortas e sorriu maleficamente. Então desmembrou-as e arrancou seus olhos com uma colher de brinquedo. Olhou para as próprias mãos, completamente sujas de sangue. Limpou-as no vestido. Então pegou sua agulha e suas linhas e começou a costurar tranquilamente os membros sanguinolentos nos corpos. Logo estava pronta sua primeira “obra-prima”. Só faltavam os olhos.
A sra. Boettcher entrou no quarto.
Logo que viu Bonita, sentada em uma poça de sangue, enfiando um globo ocular em uma órbita vazia no rosto coberto de sangue de sua prima Vicki, a sra. Boettcher soltou um berro.
“Que tal minha nova boneca, mãe?”, perguntou Bonita, orgulhosa.
A mãe não respondeu. Apenas desmaiou.
Bonita está à solta, e ainda tem a mesma mania. Cuidado: você pode virar sua próxima boneca.

O que acharam?
Beijos

5 comentários:

Sílvia disse...

Ai, meu Deus! Estou apavorada. Ainda bem que Bonita não mora no Brasil...ou, ai que medo, será que ela se mudou pra cá em busca de novas bonecas?
Ótima história, bem terrificante, principalmente os últimos parágrafos.
Bjos

Felipe Luigi disse...

A Buneca morrida!!!

tt disse...

meeeeeeeeeeeeeeeeeeedooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooonho

Anônimo disse...

ainda estou chorando com medo de conhecer alguem chamada bonita ... ai eu mato ela o.o vc me traumatizou ... hsuahsuahuassa
ASS:Anônimo daniel !!!

MaNa disse...

Tenso não vou dormi de noite. Rsrsrsrs

Postar um comentário

 
;