quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Tinta Vermelha - Cap. 8

Capítulo 8

   Leonard sabia que estava prestes a morrer. E estava absurdamente triste. Não por estar morrendo, mas por quem havia bebido seu sangue. Eleanor, sua Eleanor... Como ela pôde fazer aquilo com ele? Ela nunca o amou? Só queria seu sangue desde o princípio? E o deixou ali, definhando, ao invés de terminar com sua dor de uma vez? Para quê?
   Ele ouviu passos no mato. Talvez fosse coisa de sua cabeça. Ninguém o socorreria. Ninguém sabia que estava lá. E mesmo se soubessem, como ajudá-lo? Era impossível. Ele iria morrer, e nada poderia salvá-lo.
   Sentiu uma mão fria em seu braço. Abriu os olhos. Mesmo com a visão embaçada, viu longos cabelos negros caindo em seu rosto.
   - E-Eleanor? - chamou, mas sua voz quase não era audível.
   Sentiu a mão gelada em seu rosto, depois viu um brilho branco que devia ser um sorriso. Fechou os olhos de novo. Eleanor não voltaria. Era uma miragem.
   Ouviu um barulho de carne sendo rasgada, e uma gota de um líquido quente caiu em sua boca. Ele sentiu gosto de sangue. Então, sentiu o pulso da pessoa que o socorria em sua boca, o sangue escorreu pelo seu queixo e se espalhou pela sua língua.
   - Beba - ouviu uma voz suave.
   Leonard hesitou, mas começou a sugar levemente o sangue quente que o fortalecia. Continuou assim por bastante tempo. Não sabia exatamente quanto, mas pareceu uma eternidade. Rosnou quando o pulso foi retirado de sua boca, e a voz suave disse "já chega". Leonard abriu os olhos e tentou se levantar para alcançar o sangue da garota de novo, mas ela o deitou e pediu que dormisse, acariciando seu rosto.
   Ele se sentia calmo agora, e cansado. Realmente precisava dormir. Assim, fechou os olhos e caiu em sono profundo.

2 comentários:

Sílvia disse...

A história está cada vez mais complexa. Que será do pobre Leo?

pati disse...

Gente, esta Eleonor precisava casar para sugar o sangue dele? Pq ela não fez isso antes? Qua maluca!

Postar um comentário

 
;