terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Tinta Vermelha - Cap. 6

Capítulo 6

   No dia seguinte, Eleanor foi visitar Leonard à noite. Leonard abriu a porta, os olhos inchados de tanto chorar.
   - Eu soube de tudo pelos jornais - disse Eleanor - Sinto muito pela sua mãe.
   Leonard abraçou Eleanor e começou a chorar baixinho.
   - Nunca imaginei que minha mãe poderia ser uma daquelas pessoas desaparecidas - disse - E não sei como vou viver agora. Ela era quem sustentava a casa. Meu emprego não dá muito dinheiro.
   Eleanor suspirou.
   - Preciso de você mais do que nunca agora - disse Leonard, acariciando o rosto de Eleanor.
   - Vou te ajudar, Leo. Podemos nos casar logo, assim você não fica sozinho.
   Leonard sorriu levemente:
   - Eu te amo, Eleanor.
   Eleanor ficou calada. Depois disse:
   - Sim, eu sei.
   - Você também me ama?
   - Claro.
   - Vamos nos casar ainda neste mês! Nem que seja uma cerimônia simples.
   - Vamos nos casar no jardim. E a lua-de-mel pode ser na sua casa mesmo.
   - Sim, pode.
   Ficaram em silêncio por um momento.
   - O enterro simbólico será amanhã de manhã – disse Leonard – Quer ir?
   - Sabe que não posso, Leo. Desculpe-me.
   - Tudo bem, eu entendo.
   Silêncio.
   - Pode passar a noite aqui comigo? – perguntou Leonard de novo – Não quero ficar sozinho. Vou me sentir mal.
   - Claro. Posso ficar aqui por um tempo. Vou ficar com você até você pegar no sono.
   - Obrigado.
   Pouco depois, Leonard estava deitado, e Eleanor sentada ao seu lado, acariciando seus cabelos.
   - Vai ficar tudo bem – disse ela – Um dia você não vai se sentir tão mal assim. Claro que nunca vai ser uma lembrança feliz, e você não vai deixar de se importar completamente. Demoraria séculos para isso. Sei muito bem como é. Afinal, sou órfã também. Você vai melhorar. Tudo vai melhorar, você vai ver...
   Eleanor parou de falar ao perceber que Leonard estava dormindo. Deu um beijo na testa dele e foi embora.

2 comentários:

Anônimo disse...

Gente, ele não tem onde cair morto e pede a outra em casamento? kkkkk

pati disse...

Eu tô adorando... não consigo parar de ler...

Postar um comentário

 
;